Aplicativos para e-commerce: como aumentar suas vendas

Podemos perceber que o hábito de consumo das pessoas está mudando. Cada vez mais estamos saindo do meio físico e indo para o meio digital. O e-commerce brasileiro tem expectativas de crescer de 10 a 15% em 2017. Muito se deve a utilização de aplicativos para e-commerce.

Na última Black Friday, de acordo com a Techcrunch, os dispositivos móveis foram responsáveis por 33% das vendas. Isso é equivalente a cerca de 1,2 bilhões de dólares, números muito significativos. 60% das vendas online do Walmart na Black Friday vieram de dispositivos móveis. Os sistemas operacionais iOS e Android ainda apresentam valores médios de venda diferentes nessa parcela. Enquanto o iOS possui uma média de 144 dólares, o Android apresenta apenas 136.

Não é só no Brasil e nos Estados Unidos que esses números estão crescendo. Na Índia as previsões são muito boas para os próximos cinco anos. Acredita-se que o mercado indiano dará um salto de 2,5% para 25% de vendas totais do varejo.

mudanças-no-ecommerce-768x480

O e-commerce brasileiro, e de vários países, tendem a crescer muito nos próximos anos e sua empresa deve investir nesse mercado.

A influência dos aplicativos para e-commerce

Provavelmente você não sabe como os aplicativos podem influenciar no e-commerce, pois poucos ainda utilizam essa ferramenta para gerar vendas.

A Flipkart, uma empresa indiana que vende alguns tipos de produtos online, procurou diversificar as formas de vender e apostou em um aplicativo só para realizar vendas. Isso foi um grande diferencial dos seus concorrentes, pois nenhum possuía um App.

Como já apresentamos anteriormente, a Índia possui um potencial de e-commerce muito grande. Com a utilização do aplicativo, o Flipkart conseguiu explorar grande parte dele quando um de seus concorrentes diretos era nada mais que a Amazon India. Nem a sede indiana da maior varejista online do planeta conseguiu bater as vendas do Flipkart.

De acordo com um estudo da Smart Insights, os dispositivos móveis ultrapassaram o desktop em quantidade de usuários em 2014. No mesmo estudo, percebemos que as pessoas passam 90% do tempo de uso dos dispositivo em aplicativos. Apenas 10% do tempo é gasto em uso de Browsers.

Com o aplicativo, o Flipkart conseguiu atingir e conquistar essa fatia do mercado que era inexplorada. Além disso, o mercado online na Índia ainda não possuía uma fidelização grande, então os clientes raramente realizavam outra compra. Após a implantação do App os clientes se tornaram recorrentes, alguns chegando a realizar cerca de 20 compras em um ano.

Assim como a Índia, o Brasil tem um grande potencial para usar aplicativos para e-commerce.

Porque aplicativos para e-commerce?

Todas as empresas que trabalham com vendas online possuem um site e várias delas trabalham com técnicas de otimização. Isso faz com que a concorrência seja muito acirrada pelas primeiras posições, que é a que mais leva usuários para o site.

Como já vimos, grande parte do tráfego é proveniente de dispositivos móveis, tanto que o Google prioriza sites que são mobile friendly. Apenas melhorar o site para dispositivos móveis pode não ser a melhor saída para gerar mais visitas e conversões.

Os aplicativos oferecem experiências únicas ao usuário, por isso eles passam tanto tempo utilizando. Aplicativos são mais rápidos que um site, possuem acesso offline e podem utilizar de todas as funcionalidade do dispositivo.

Muitas das grandes marcas já estão investindo em aplicativos para tentar atrair mais pessoas, como a Chanel, Dior e Louis Vuitton. Elas estão apostando em aplicativos para e-commerce visando aumentar o número de visitas e de vendas.

aplicativos-para-e-commerce

Com um aplicativo para e-commerce, é possível personalizar toda a jornada de compra do seu usuário, proporcionando uma experiência única. Com um aplicativo bem desenvolvido, chegará ao produto de interesse muito mais rápido que por um site.

Várias estratégias podem ser pensadas, como divulgar QR codes (aqueles que você escaneia com a câmera) para seus usuários com códigos promocionais. Ao escanear ele já será redirecionado para a página do produto em questão, já com o desconto, e efetuar a compra. Notificações push também podem ser utilizadas, baseadas nos interesses do usuário no seu App, para informar as principais atualizações de produtos de um segmento.

Aplicativos também apresentam alto grau de segurança, o que permite com que seu usuário realize as transações sem se preocupar. Seu App poderá integrar a conta com o internet banking de seu usuário, facilitando o pagamento. Ferramentas como o scanner de cartão de crédito ou a utilização de um leitor digital também podem ser desenvolvidas.

É possível configurar um Mobile App Analytics, que irá rastrear toda a ação do seu usuário dentro do aplicativo. A partir daí é possível analisar todos os dados e melhorar as etapas da jornada de compra, o que irá aumentar sua taxa de conversão.

Os aplicativos continuarão crescendo

Os aplicativos para e-commerce podem oferecer uma experiência de compra personalizada e única para os usuários. As possibilidades de utilização só tendem a crescer, principalmente com o avanço da internet das coisas.

Com a possibilidade de integrar seu aplicativo com eletrodomésticos, com o carro e diversos outros utensílios, sua marca poderá melhorar ainda mais essa experiência. Imagine que sua empresa venda filtros para purificadores de água, que tenha que ser trocado em uma certa data específica. Você poderia ter um hardware no seu filtro que informaria ao usuário do seu aplicativo que a data de troca está próxima e ele compraria um novo com apenas um clique.

Há vários motivos para sua empresa ter um aplicativo, e os benefícios que ele trará são completamente mensuráveis. Invista um certo tempo para pensar no que sua empresa precisa e entre em contato com uma empresa especializada. Os ganhos de acesso e conversão para os seu negócio irão crescer significativamente!

Daniel Madureira
Gerente de marketing da Usemobile.

Mineiro de Divinópolis, amante do futebol e cruzeirense apaixonado. Adorador de tecnologia e marketing digital. Graduando em Engenharia de Produção. Gosta de uma boa resenha e de contos medievais nas horas vagas. Quem tiver interesse em saber mais é só seguir no Instagram @danielmadureira94.

*Texto postado originalmente em 15 de março de 2017, no blog da Usemobile.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s